Surpreso com lista da Copa América, Rodrigo Caio esquece críticas

Feliz com convocação, Rodrigo Caio conta que só se convenceu ao descer do avião (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Feliz com convocação, Rodrigo Caio conta que só se convenceu ao descer do avião (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Feliz com convocação, Rodrigo Caio conta que só se convenceu ao descer do avião (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Escolhido por Dunga para compor o elenco da Seleção Brasileira na Copa América Centenário, que será disputada a partir do próximo mês, Rodrigo Caio já foi chamado de “jogador de condomínio” pela crítica.

Hoje em alta, o zagueiro prefere deixar de lado as provocações e críticas, focando apenas no trabalho diário em busca de objetivos pessoais, como títulos e convocações. Essa, inclusive, o pegou de surpresa.

Presença constante nas convocações de Rogério Micale – que auxiliará Dunga no projeto inédito do ouro olímpico -, Rodrigo Caio foi listado no grupo principal pela primeira vez, e logo para um torneio tradicionalíssimo como a Copa América, que chega à edição centenária neste ano.

“A gente estava descendo, eu abri o celular e vi várias mensagens de parabéns. Fiquei meio sem entender. Entrei na internet e vi a convocação. Aí fiquei muito feliz. É uma conquista muito grande e agora é procurar aproveitar. Acredito que estou num momento bom e fico feliz”, comentou, deixando de lado os discursos mais raivosos.

“Nunca liguei para isso. Sei muito bem o que construí desde que sai da base, o tanto que eu lutei para chegar onde estou. Não são algumas pessoas que vão me tirar do meu foco. Vou continuar trabalhando do meu jeito e conquistando meus objetivos. É resultado do trabalho, do dia a dia”, prosseguiu.

Ciente de que precisa justificar a convocação atuando para valer no São Paulo, Rodrigo Caio também almeja conquistar a confiança de Dunga logo em sua estreia no grupo principal da Seleção. E, para isso, terá de concorrer por um lugar com outros do grupo olímpico que querem mostrar serviço.

A disputa que poderia ter conotação negativa é encarada por Rodrigo Caio como um ganho coletivo.

“Vinha falando com meu pai que teria uma lista de 40 nomes e que eu queria estar nela. Entre os 23 é claro que é uma surpresa. Vi bastante jogadores olímpicos na convocação, acredito que para dar mais experiência, já que teremos uma competição muito importante no mês seguinte”, ponderou, referindo-se aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Antes de se apresentar à comissão técnica da Seleção Brasileira, na penúltima semana de maio, para a preparação visando a Copa América – que inclui um amistoso contra o Panamá no dia 29 -, Rodrigo Caio ainda atuará pelo São Paulo em jogos válidos pela Copa Libertadores e Brasileirão.

O post Surpreso com lista da Copa América, Rodrigo Caio esquece críticas apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Powered by WPeMatico