Na volta ao palco do ouro olímpico, Neymar tabelou com Zico (Foto: Thiago Ribeiro/FramePhoto/Gazeta Press)

A despedida de Neymar do futebol em 2016 não podia ser mais simbólica. Na noite desta quarta-feira, o camisa 10 da Seleção Brasileira voltou a pisar no gramado do Maracanã, palco da conquista da primeira medalha de ouro do país no futebol em Jogos Olímpicos. No intervalo do Jogo das Estrelas, Neymar admitiu o sabor especial em rever a trave que fica ao lado direito das cabines de TV. Nela, o atacante converteu o pênalti que garantiu a vitória em cima da Alemanha em 20 de agosto. Antes, no primeiro tempo, no lado oposto, Neymar também havia aberto o placar.

“Passa um filme, sim. Quando olho para aquela trave, aquele gol, lembro da caminhada.Acho que foi o momento mais nervoso que eu passei na minha vida, porque passaram muitas coisas na minha cabeça e eu não conseguia pensar em nada, só ‘Pelo amor de deus, onde vou chutar a bola?’. Mas, Deus me deu capacidade para ter tranquilidade e fazer o gol”, contou o craque do Barcelona, que curte férias no Brasil.

Na volta ao palco do ouro olímpico, Neymar tabelou com Zico (Foto: Thiago Ribeiro/FramePhoto/Gazeta Press)

Na volta ao palco do ouro olímpico, Neymar tabelou com Zico (Foto: Thiago Ribeiro/FramePhoto/Gazeta Press)

Não bastasse as boas lembranças do Velho Maraca, Neymar também teve a oportunidade de tabelar com Zico nesta quarta. Na festa promovida pelo Galinho, o ex-santista parecia mais um fã dentro de campo do que a estrela que gerava gritos a cada toque na bola no Rio de Janeiro.

“Pra mim é um orgulho estar de volta, ao lado de um cara (Zico) como esse. Quem dera eu ter ele ao meu lado hoje em dia. Eu ia estar muito feliz”, concluiu Neymar, que chegou em cima da hora, de helicóptero, mas a tempo de participar do evento beneficente.

O post Neymar relembra momento mais nervoso da vida ao voltar ao Maracanã apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Powered by WPeMatico

Related Posts