O técnico Dunga disse que o Equador "sai na frente" no duelo com o Brasil (Foto: Frederic J. Brown/AFP)

O técnico Dunga disse que o Equador “sai na frente” no duelo com o Brasil (Foto: Frederic J. Brown/AFP)

“É uma equipe muito equilibrada, sai em velocidade, sabe jogar muito bem coletivamente e tem jogadores com habilidade e força física em todos os setores”. Tais palavras saíram da boca do técnico Dunga na noite desta sexta-feira e se referem ao Equador, adversário da Seleção Brasileira na partida de estreia da Copa América Centenário, neste sábado, às 23 horas (de Brasília), nos Estados Unidos.

Em entrevista coletiva concedida antes de comandar o último treino preparatório para a estreia, Dunga explicou que os equatorianos “saem na frente” porque estão mais entrosados do que o Brasil, lembrando os seis desfalques recentes do elenco nacional.

“O Equador tem uma base há um bom tempo, vem jogando junto há bastante tempo. A Seleção Brasileira está em formação, teve várias mudanças com o decorrer do tempo, estamos dando oportunidades a todos nessa Copa América. Vários jogadores se machucaram infelizmente e, por isso, o Equador sai na frente porque tem um grupo já há bastante tempo jogando junto”, avaliou.

Sobre o clima de Pasadena, na Califórnia, local onde o duelo será realizado, o comandante canarinho destacou que a Seleção terá de ter uma postura “compacta” para aguentar bem os 90 minutos e não sofrer diante dos equatorianos.

“O lugar é quente, muitos jogadores em final de temporada, por isso a equipe tem que estar compacta, ninguém tem vantagem antes de começar a partida”, ponderou o comandante canarinho antes de analisar a boa campanha do Equador nas Eliminatórias Sul-Americanas, em que ocupa a vice-liderança.

“O Equador está fazendo muitas coisas boas. Uma equipe que com o passar do tempo apreendeu a mentalidade de seu treinador, um jogo coletivo muito forte, jogadores concentrados no que querem e que jogam há muito tempo juntos, com alegria. Uma equipe com combate e com muita força”, acrescentou.

Por fim, Dunga despistou sobre o time titular de sábado. “Não treinamos o time, treinamos todos os jogadores para estarem prontos. Todos têm que saber sua função quando sai um e entra outro, se movimentar em campo, de que forma a equipe joga. Ainda há alguns detalhes que temos de corrigir hoje (sexta-feira)”, concluiu.

Brasil e Equador integram o Grupo B da Copa América ao lado de Peru e Haiti. O duelo acontecerá no Estádio Rose Bowl, em Pasadena, mesmo palco em que a Seleção Brasileira ergueu a taça do tetracampeonato mundial. O último confronto entre as equipes ocorreu no ano passado, com vitória do Brasil por 1 a 0, gol de Willian.

O post Dunga exalta Equador antes de estreia: “Equipe muito equilibrada” apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Powered by WPeMatico

Related Posts