O furacão Matthew, o mais poderoso ciclone da última década no Caribe, avançava mais lentamente neste domingo (2), mas ainda com grande força, para o norte em direção a Haiti, Jamaica e Cuba, uma trajetória que os meteorologistas estimam que poderá levá-lo também à costa leste dos Estados Unidos.p>Segundo o boletim das 15h (horário de Brasília) deste domingo do Centro Nacional de Furacões (NHC), com sede em Miami, Matthew se encontrava a 535 km ao sudoeste de Porto Príncipe, Haiti, e a 475 km ao sudeste de Kingston, a capital da Jamaica, com ventos suspensos de até 230 km/h.p>De acordo com o mesmo boletim, Matthew se deslocava com relativa lentidão, a 5 km/h.p>Após alcançar na sexta-feira à noite (30) a categoria máxima na escala de Saffir-Simpson, que vai de 1 a 5, Matthew perdeu força na manhã de sábado, mas continuava neste domingo como um perigoso furacão de categoria 4.

Powered by WPeMatico

Related Posts