Justiça belga indicia duas novas pessoas vinculadas a atentados de Paris

A justiça belga indiciou um homem e uma mulher por vínculos com o atentado de Paris de novembro de 2015 que deixou 130 mortos, indicou nesta quinta-feira o Ministério Público federal belga.p>Ambos são “acusados de terem fornecido a Khalid El Bakraoui documentos falsos utilizados durante a preparação dos atentados de Paris”, explica o Ministério Público em um comunicado, sem divulgar mais detalhes.p>O juiz decretou prisão preventiva para o homem, também acusado de “participação em atividades de um grupo terrorista”, enquanto colocou em liberdade provisória a mulher.p>Khalid El Bakraoui é um dos três terroristas suicidas que detonaram seus explosivos durante os atentados de Bruxelas de 22 de março de 2016 (32 mortos), ataques lançados pela mesma célula extremista que atentou em Paris cerca de quatro meses antes.

Powered by WPeMatico