O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) na cidade de São Paulo, teve variação de 0,05% na segunda prévia de agosto. A taxa é bem inferior ao apurado na primeira prévia deste mês (0,24%) e no encerramento de julho (0,35%. Foram constatadas diminuições de preços em três dos sete grupos pesquisados e aumentos mais lentos nas demais classes de despesas.

A queda na pressão inflacionária foi influenciada, principalmente, pelo grupo habitação, que passou de uma estabilidade de 0,01% para um recuo de -0,37% . Também foi mais expressiva a redução em transportes (de -0,03% para -0,08%). Em vestuário , a pesquisa mostra um movimento de recuperação de preços mas, na média, o grupo mantêm-se em baixa (de -0,91% para -0,67%).

No grupo alimentação houve alta de 0,17%, o que representa um reajuste bem abaixo do apurado na primeira prévia (0,42%). Também foi constatado decréscimo nos grupos: educação (de 0,82% para 0,54%); saúde (de 1,96% para 1,81%) e despesas pessoais (de 0,43% para 0,41%).

Powered by WPeMatico

Related Posts