A Câmara de Comércio Exterior (Camex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior decidiu estender a todos os países a cobertura de risco político e extraordinário do Seguro de Crédito à Exportação para operações com prazos inferiores a dois anos. Essa modalidade do seguro havia sido aprovada em 2014 somente para países da África, devido à necessidade de promoção das exportações para o continente.

Segundo o ministério, a ampliação está relacionada à “premissa estabelecida pelo Plano Nacional de Exportações de aprimorar e ampliar as coberturas oferecidas pelo sistema de garantia à exportação”. A Camex aprovou a medida em sua reunião de fevereiro, mas a informação foi divulgada hoje (17).

Diferentes dos riscos comerciais, relacionados à eventual falta de pagamento do devedor, os riscos políticos e extraordinários estão ligados a decisões governamentais e a fatos alheios à previsão dos contratantes, inclusive os decorrentes de fenômenos naturais.

Powered by WPeMatico

Related Posts