O Concurso IBGE 2017, para o preenchimento de 82.050 vagas  em cargos que exigem ensino fundamental, médio e superior, está praticamente certo. Isso porque o presidente do IBGE, Paulo Rabello de Castro, disse que já negociou com o governo a realização do Censo Agropecuário em 2017.

O presidente do IBGE informou que a verba para a realização do Censo Agropecuário e consequentemente para o concurso já está na proposta de orçamento encaminhada pelo governo ao Congresso Nacional.

Das 82.050 vagas temporárias do concurso, 62.400 serão para recenseador, cargo que exige nível fundamental. A remuneração passa pode chegar a cerca de R$3 mil (salários e produtividade). No nível médio, haverá 486 vagas de agente censitário regional, função que exige carteira de habilitação do tipo B e tem remuneração de R$3.458; além de 700 para agente censitário administrativo, com ganhos de R$2.018.

Ainda no antigo 2º grau haverá 5.500 vagas de agente censitário municipal; 12.400 de agente censitário supervisor e 174 vagas de agente censitário de informática (único do médio/técnico). Todos tem ganhos de mais de R$2 mil. No nível superior estão previstas 250 vagas de analista censitário, que tem remuneração de R$7.624.

A boa remuneração não é o único atrativo do Concurso IBGE 2017, para vagas temporárias no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em cargos que exigem ensino fundamental, médio e superior. Os temporários têm direito ainda a férias remuneradas e 13º salário, além de auxílio-alimentação de R$458 (já somado nas remunerações mencionadas).

Fonte: FD

Powered by WPeMatico

Related Posts